público do lost


6.13 “The Last Recruit”
21/04/2010, 8:27 pm
Filed under: Comentários

null

Mais uma semana com flash fillers tomando conta da nossa paciência. Dessa vez a gente viu de tudo acontecer. Um monte de coisas óbvias, como o Locke ir parar nas mãos do Jack na cirurgia, a Claire encontrar o Desmond de novo e ele ajudar todo mundo a ser feliz s2 porque o Desmond sabe de tudo, Ilana como a sra. Adêvogada – aliás, eu não comentei, mas uma das melhores cenas da série inteira é a Ilana explodindo – e mais um monte de coisas aleatórias super camaradas que no final das contas só servem pra encher linguiça e fazer os atores grelharem em outros papéis diferentes do que eles já estão acostumados. Gente, o filho do Jack parece que dormiu horrores com aquela cara de Snorlax. Achei as cenas todas nos flashes fillers muito óbvias. Kate e Sawyer contracenando na delegacia, Sayid chegando na casa da Nadia, que aliás, mudou a atriz… tá, eu não sei se mudou a atriz. Mas sou só eu que não sei qual é a cara dela até hoje? Depois a captura do Sayid quando o Miles e o Sawyer trabalham em conjunto. Sério, esse lado do episódio foi super tédio, como tudo na realidade alternativa. Pelo menos o Ben apareceu.

Gente, eu amo a Zoey 101 e a tribo dos gordinhos! Sério. Aliás, afinal, o fim da série vai ser Widmore versus Plocke? Gente eu já não tô entendendo nada. Antes era Jack versus Locke, depois Ben versus Widmore, depois Jacob versus Plocke, e agora eles fizeram tipo uma permutação pra descobrir qual seria o confronto-mor no final das contas e acabou caindo o mais aleatório de todos, Widmore, que aliás, não tem nada a ver com tudo o que está acontecendo. Mas, eu simplesmente amei o troço de mísseis teleguiados que ele tem, embora a gente saiba que não vai servir pra porra nenhuma a não ser matar figurantes. Falando em figurantes, eu estou me deliciando de pensar que a Cindy e aquelas crianças, que tiveram a maior participação no início da série e cujo retorno era um mistério, voltaram, andaram e só serviram para explodir ou andar por aí segurando um teddy bear. Aliás, será que eles explodiram mesmo?

No final das contas a gente nem sabe o que está acontecendo, mas está amando. Depois que o Plocke jogou o Desmond no poço, mandou o zombie Sayid – aliás, mérito do Sawyer esse apelido s2 – matá-lo (por que o Plocke próprio não matou?) e o Sayid provavelmente não matou, já que a gente viu que a condição de freaky follower do Plocke pode ser revertida, assim como foi revertida com a Claire do outro lado da ilha. Afinal, o sorriso sarcástico que o Sayid dá depois que ele nega ter matado o Desmond é tão mal disfarçado que chega a dar pena do Naveen Andrews, que já não era grande coisa antes do Sayid virar zombie. Melhor que isso só a afasia da Sun. Tipo, QQQ? Setenta e cinco mistérios remains uknown, todas as coisas que aconteceram em Lost estão colidindo agora e os roteiristas necessitam inventar uma afasia da Sun? OI? Gente sério deve ser uma piada interna nos EUA, tipo algo envolvendo o fisco de Avatar no Oscar ou algo do Barack Obama ter afasia. ANYWAY…

Jack ainda tá na fase de ser uma bicha passiva obedecendo a todo mundo. Eu só me delicio que as pessoas em Lost simplesmente não pensam por que estão fazendo as coisas, só vão lá e fazem. A Kate voltou pra ilha SÓ PRA resgatar a Claire, e estava prestes a voltar sem ela, quando a Claire apareceu com uma arma apontada pra eles. Bela forma de ser aceito não? E o Hurley que voltou a ilha porque o Jacob mandou, agora está seguindo o Sawyer sem nem se consultar com os oxalás dele. BTW, os roteiristas provavelmente vão fazer que nem fizeram com a maioria dos personagens de Lost e desaparecer com Ben, Richie e Miles, que estão fazendo uma orgia na mata se cagando pra batalha épica que vai rolar.

Mas pera, que batalha épica??? Gente, estava um clima de super tensão, os candidatos de Jacob, e tudo o mais, e a única coisa que acontece quando os Plockies se encontra com os Jackies é uma conversa bacana no tronco de árvore em que o Plocke revela que era o pai do Jack esse tempo todo. Tá, e o quico? Só eu ainda não superei a pergunta “como alguém pode se tornar outro alguém que já morreu a hora que estiver a fim”? Mas nem adiata falar nisso, porque o post abaixo me tirou qualquer esperanças de levar tudo isso à sério. Enfim. Só eu estou sentindo falta de um conflito e de uma guerra épica? Quer dizer… Jacob morreu, Widmore quer o Desmond, Plocke quer sair da ilha. Como assim as três coisas são mutuamente excludentes, Bial?

Pior só é o Jack participando do plano da vida que o Sawyer fez pra fugir e só depois de TUDO ele pensa: pera, por que eu tô fazendo isso? Eu voltei pra ilha pra chegar aqui, grelhar um pouco, explodir uma bomba e voltar? I mean… there has to be something else right Bial? No final das contas, eu AMEI a cena em que o Jack volta sozinho e caga pra todo mundo, e depois aquela bomba atinge o pessoal e ele acaba tendo que ficar à sós com o senhor Plocke… Não sei pra quê que vai servir isso, mas, seja como for, eu achei meio aleatória a cena em que a Sun encontra o Jin, mas depois de duas temporadas enrolando e fazendo eles se desencontrarem toda hora já estava ficando muito patético isso…

Imagem da Semana: OU VIRAM MEUS MIGS OU MORREM ALOKA
Imagem do Jack: Preciso mesmo comentar?
Fala da Semana: THIS IS SAWYER’S PLAN



Filhos-da-puta
21/04/2010, 4:38 pm
Filed under: Blog

Eu não reclamava muito porque eu ainda tinha esperanças, mas depois dessa matéria, prazer, vocês podem me chamar de Ódio:

Produtores de Lost dizem que só estão devendo uma resposta.

Eu não sei se estou chocado ou foi o óbvio que eu já sabia que seria, mas eu acho que essa notícia mexeu comigo de uma forma definitiva em relação a esses anos em que eu assisti a série. Todo mundo dizia: eles não têm ideia do que estão fazendo. E começaram nessa temporada as respostas meia-boca que saíram de um gibi da Disney e eu comecei a me tocar de que talvez isso fosse verdade, mas era melhor ter esperanças. Essa realidade alternativa surgiu como uma coisa patética criada pra encher linguiça. Quer dizer, seria uma questão realmente intrigante se eles não tivessem O MUNDO de coisas para responder. Essa história dos sussuros (que eu nem comentei) só entram pra mais uma na lista de Coisas patéticas do ano, junto com o porquê de Richard ser imortal ou aquelas outras respostas, como o que é a ilha ou coisas do tipo que eu nem considero existentes.

GENTE, COMO? Sério. Como duas pessoas podem ser tão caras-de-pau assim? Se eles dessem essas entrevistas depois que a série tivesse acabado, era uma história. Porque a minha vontade agora é simplesmente parar de ver. Só que a essa altura, qual a diferença, né? Gente, nada fez sentido. Eles simplesmente saíram criando um monte de coisa baseado na sua vida patética de leitor de histórias em quadrinhos e sem a menor lógica científica (sendo que eles próprios disseram que tinha) e sem pensar no dia de amanhã, onde eles teriam que responder essas merdas todas que eles criaram. Então quer dizer que é super normal e aceitável uma ilha que muda de lugar, porque afinal, ela foi criada pra proteger o mundo do Plocke. Aliás, é super normal existir um ser que é o mal encarnado, que pode se transformar em fumaça, que é preso numa ilha por outro. Aliás, esse outro, que pode tomar conta da vida de todo mundo que existe olhando tudo por um espelho…

Afinal de contas, eu não sei o que eu esperava. Só que não era isso. Eles poderiam vir aqui e dizer que é tudo um sonho do Jack que eu não ia ligar. Essa série e esses caras são um bando de filhos-da-puta, e babacas somos nós que perdemos horas e mais horas de nossa vida correndo atrás de links e perdendo o nosso tempo comentando e se perguntando o que essa merda toda significa. Bom, tivemos uma ótima resposta: NADA. Não significa porra nenhuma. Eles saíram inventando um monte de coisa aleatória e se tranquilizando pensando que ninguém ia se importar com isso, que o que importa é a viagem, ou Jack ficar com Kate. Ah, vai se fuder. Vai tomar no cu. Eu espero que vocês morram. Eu espero que todo mundo que tenha criado Lost, morra. Eu espero que o Carlton Cuse e o Damon Lindelof morram num acidente de avião gostoso e sejam triturados pela turbina do avião pra eles verem o que é bom.

Eu quero que o J.J. Abrams morra intoxicado por um gás negro. Eu quero que todos os fãs trogloditas que amam essa série tomem tiros de flecha. Eu quero que os fãs que no final da série vão dizer que foi tudo ótimo e está tudo beleza morram sufocados em sua própria idiotice ou que sofram crises extremas e atereoesclerose. Eu espero que todos os atores ruins que fizeram Lost morram, menos o Matthew Fox e a atriz que fazia a Naomi. Eu espero que no último episódio a gente descubra que todos eles morreram e que eles estavam no purgatório a vida toda. E que o diabo, na verdade, é o Michael e seus demoninhos todos tenham a cara do Walt, e ele fique chicoteando todos gritando WAAAAAAAAAAALT. E eu quero que a Claire seja a Virgem Maria e que Jesus seja o Earn. Eu quero que a Kate morra com um tiro dado pela Ana Lucia.

Mas o final melhor vai pra esses dois babacas que criaram essa merda toda, que brincaram de casinha com a nossa cabeça e fingiram que eram inteligentes quando eram dois nerds perdedores e punheteiros que nem os da Lost Brasil que tiveram sorte de serem escolhidos pela ABC pra escrever um roteiro. Eu espero que eles dois se tornem donos da maior comunidade de Lost do orkut, se casem depois de fazer sexo pela Webcam e decidam BANIR TODO MUNDO QUE CRIAR O TÓPIDO DE COMENTÁRIOS ANTES DOS MODERADORES.

Passar bem.

PS.: Já que está tudo cagado e fudido mesmo, os próximos episódios vão ter comentários especiais completamente ácidos, depreciativos, cheios de palavrões e humor gay. Pelo menos me divertirei com essa porra toda! Beijos!



6.11 “Happily Ever After”

null

Eu não sou de acreditar em aquelas histórias de amor-destino, não porque é brega, mas porque quando você termina com o seu pré-destinado toda essa história se torna extremamente idiota. E é por isso que eu AMEI esse episódio. É, eu sei, estou virando uma lésbica passiva fazendo guti-guti, mas por um momento foi bom não sentir todo esse ódio e essa falta de respostas e essas enrolações. Okay. O episódio não serviu pra muita coisa, só foi fofinho. Mas eu amei. E eu fiquei bem triste que, por mais que eles tenham me enganado por seis anos, essa série está acabando. Eu não consigo não ser grato por tudo que já senti vendo Lost, mesmo que acabe sendo essa porcaria, ainda vai ser uma das séries mais marcantes of my life (provavelmente a mais), então… quando eu percebi que esse seria o último episódio do estilo “Desmond grelha na linha do tempo tentando encontrar a Penny pela vigésima vez”, fiquei triste. Tá acabando, gente… Melhor foi quando a gente teve aquele revival NOT PENNY’S BOAT – que até ganhou a imagem da semana, mas só pelo meu humor foflyx, porque na verdade a imagem da semana é pro fatality que o Sayid deu no fim do episódio. Enfim, voltando… eu gosto que o que foi mostrado nesse episódio sobre o tal “amor predestinado” que os três (Faradoce e o Charlie também) foi porque eles já eram apaixonados por essa pessoa, perderam ela de vista e toda aquela coisa. Não é do tipo: FOMOS FEITOS UM PARA O OUTRO. É aquela coisa que já estava acontecendo e que simplesmente não acontece mais. Sounds a lil’ bit espiritismo, mas deixa pra lá.

Muitas partes do episódio foram previsíveis e um tédio. Era óbvio que o Widmore ia ser o chefe do Desmond e aliás eu não sei como que o Des não ficou bêbado depois de beber aquele Whiskey e depois beber o que o Charlie bebia no bar. Ele deve ter visto tudo aquilo depois só porque ficou bêbado, neam? E outra, eu não entendi nada, mas a realidade alternativa mostra o que a pessoa gostaria de ser antes de cair na ilha? Eu só sei que eu amo a Sra. Faraday (porque nem fudendo eu vou lembrar o nome dela) e da capacidade de, SEMPRE QUE APARECE, só nos deixar mais confusos. Ela é pior que a Rousseau. Mas acaba sendo um confuso meio “Alice In Wonderland”, e não um confuso do tipo “Vocês não tem ideia do que estão fazendo, me chupa”. Eu não sei se vocês já sabiam disso, mas eu não – O Faradoce é meio-irmão da Pennys? Aliás… a Sra. Faraday é casada com o Widmore? QQ? Só eu não consigo parar de imaginar eles dois transando? Parei. Mas gente, como ela sabe de tudo que se passa na ilha, fora dela, na realidade alternativa, na porra toda? Quem é ela na noite? Mais um Jacob/Plocke, que simplesmente pode e the end? Falando em simplesmente poder, já vi que a gente não vai entender nunca porque o Desmond tem poderes místicos, então isso falls flat junto com a lista que já tem os números, a ilha, o porquê da ilha, os poderes do Jacob e os do Plocke. E a imortalidade do Richard. Juro que no final da série eu farei uma listinha temática dizendo: “Eles sacanearam a gente com seis anos porque…”.

Ai gente, só eu achei que esse episódio tinha uma vibe gay muito forte? Quer dizer, só eu reparei que sempre que Desmond e Sayid estão em cena juntos (isso desde a quarta temporada, podem ir ler lá os posts antigos) ocorrem umas coisas muito “HMM..TA QUERENDO”? Semana passada o Sayid deu um olhar fatal enquanto estava fazendo a mamba debaixo d’água e apareceu o Desmond. Depois disso, começaram aquelas indiretinhas do Widmore “Você é muito melhor do que esse Whiskey” e aquele motorista que claramente estava dando em cima do Des? E depois, no final, quando o Sayid fala “Gato, vemk” e o Desmond simplesmente fala: SÓ SE FOR A-GO-RA! Todo mundo quer o Desmond, é impressionante. Eu só não entendo porque toda essa mensagem subliminar gay não é em torno do Jack. Seria muito melhor. Se bem que na minha cabeça doente também houve um momento gay no hospital quando eles se encontram e um lembra do outro. Sério, se eu encontrasse o Jack num avião e falasse com ele, eu nunca ia esquecer, mas se fosse, sei lá, a Zoey até parece que eu ia lembrar. Mas enfim. Só pra constar que finalmente eu já estou conseguindo fazer piadas e ver mensagens subliminares no episódio, o que é melhor do que ficar lutando pra não dormir, como no do Sawyer, no do Richard e no do Ben também, então Lost já está um pouquinho melhor do que o esperado.

Gente, sério, eu simplesmente não consigo parar de rir do fatality que o Sayid deu no cara no final do episódio. Aquele final foi sensacional. Eu não fiquei nem um pouco a fim de ver o próximo, mas emendar a declaração genial da Zoey 101 (que é definitivamente a estrela dessa temporada) com o fatality foi tudo. Eu não entendi o que o Desmond compreendeu de tão perfeito, e sem contar que seria legal se eles contassem pra gente, porque oi, faltam dois segundos pra série acabar? Acho isso triste. Esse foi o último episódio fofyx do Desmond. Ele agora vai atrás do pessoal do 815 e vai falar GENTE, CAÍMOS NUMA ILHA, GRELHAMOS MUITO, A JULIET DETONOU UMA BOMBA E AGORA, KATE, WE HAVE TO GO BACK!!!!!. Tá, acho isso MEIO familiar… pelo menos a gente já sabe o que vai acontecer com cada um quando lhe for contado que eles têm que voltar. Jack vai falar VOU AGORA, É MEU PROPÓSITO e a Kate vai falar: VOCÊS SÃO MALUCOS, BEIJOS. Podia poupar bastante tempo se só mostrasse eles na ilha na Real.Alt. e na normal. Ou então eles já podiam parar de mostrar a realidade alternativa de uma vez por todas! Que tal?

Esse episódio foi lindo, mas previsível e deixou a gente na mesma. Então o que o Des tem que fazer? Acabar com a realidade alternativa? Levar todo mundo pra lá? Desempenhar um papel lá pra desencadear a volta de todos para a realidade original? Aliás… sabe o que eu acho? Que a realidade alternativa nada mais é do que o Plock escapando da ilha… e quando ele conseguir, a ilha vai afundar e tal. Daí o que o Desmond tem que fazer é, de alguma forma, reverter isso, e impedir o Plocke de sair. Impedir a detonação da bomba, pode ser, porque isso desencadearia em tudo que aconteceu e os candidatos poderão ir defender o mundo do Plocke. Eu acho que isso é até interessante, mas seria mais ainda se não fosse só isso. Se eles explicassem o que é cada coisa de forma racional, eu acharia tudo isso muito lindo. Juro.

Semana que vem vai ser o último episódio pseudo-engraçado do Hurley. Estamos na vibe despedidas 😦

PS.: Antes que eu esqueça… O QUE FOI O DESMOND ESPANCANDO O WIDMORE COM O SORO?? HAAHAHAHAHAHAH!!!!!!!!!!!

Fala da semana: “What I mean is twenty minutes ago you were beating the crap out of Widmore with an IV standard (?) and now you’re Mr. Cooperative.” Zoey 101, a Naomi da sexta temporada.
Imagem da semana: Revival do melhor episódio da série!
Imagem do Jack da semana: Quem é a formiga que me chama?



6.09 “Ab Aeterno” e 6.10 “The Package”

null

Sim, eu decidi que só vou comentar os episódios que forem BONS, porque eu não aguento mais vir aqui reclamar das mesmas coisas. Eu só preciso falar uma coisa: se eles acham que vão explicar que o Richard é imortal daquela forma e dar por explicado, que nem a situação dos números, eu só consigo me sentir cada vez mais idiota por ter sido enrolado esse tempo todo. Sério. Falta de respeito. Se ia criar uma merda dessa, não criasse.

Eu gostei do episódio da Jun. Na verdade eu gostei dela no episódio. Não vou comentar os flash fillers porque… foram fillers. Mostrou só uma historinha que poderia muito bem ser o roteiro de “Jaspion” e até teria a mesma língua. Até que foi legal aquela história de que nessa realidade eles não são casados mas têm um caso mesmo assim, mas tudo começou desandar quando virou um episódio de Força-Tarefa, quando o Keamy Boladão em conjunto com o Mikhail (eu ficaria feliz por ele aparecer, mas eu superei ele na terceira temporada, depois que morreu pela décima vez). Embora eu tenha achado super legal ele ter morrido DE NOVO e ter perdido o olho DE NOVO, vou fazer a blasé e fingir que nada aconteceu, porque eu estou tão puto com essa série que não consigo nem avaliar as coisas direito.

Anyway… não tenho muito o que dizer porque pra variar, não aconteceu nada. Eu adorei o momento em que o Plocke foi na ilha do Widmore grelhar com ele, mas isso também tá sendo meio ridículo. Então o Widmore em três dias chegou na ilha, se instalou totalmente e botou ume geofísica (?) sapatão pra tomar conta de… TUDO, e inclusive tem uma pessoa que seria o pacote (imaginei alguém gordo, tipo a Rose) e que seria super mega duper importante. Depois a gente viu que era o Desmond, numa clara manobra desesperada para trazê-lo de volta para a série. Tudo bem, tudo bem, mas eu já estava feliz com a saída dele, afinal, sua história foi uma das poucas coerentes e interessantes (junto com a do Jack e a do Locke, pra mim).

Falando em sapatão, a pseudo Ana Lucia vai acabar se fudendo gostoso por confiar no Jacob. Eu quero é mesmo que o Plocke fuja da ilha e mate todo mundo. O único motivo pelo qual eu ainda tenho uma simpatia pelos Jacobs é que o Jack está desse lado. E não tem nada a ver o Ben fazendo a phopha pra cima da gente, então prefiro acreditar que o Ben que conhecemos morreu quando ele matou o Jacob. A culpa corroeu o coitado e ele perdeu todo o charme de vadia manipuladora dissimulada. Esse cargo foi melhor tomado até pelos super gêmeos Claire e Sayid, que agora são as marionetes do Plock e que fazem ALOKA pela selva e eu estou amando. Sayid não sente mais nada e faz a mamba negra obedecendo todas as ordens do Plocke, e a Claire está sensacional com essas crises de ciúme… ela tá parecendo uma criancinha. O grupo do Plock é muito mais carismático, gente. Qual a graça de ver Ilana, Lapidus e Xicard da silva Alpert confraternizando na selva? C’mon! Pra esse grupo ficar mais chato só falta Kate e Sawyer se juntarem (aliás, eu amei o Sawyer falando que o cérebro da Kate faz passear. Gato depois de seis temporadas você só percebeu agora? parei).

Vai estourar uma guerra e mimimi… só eu ainda estou preocupado com as respostas? Quer dizer… a ilha foi criada pra manter o Plock lá dentro, mas e o quico? O que é a ilha? O que é o Plock? O que ele vai fazer (E COMO) se ele sair? Por que ele não pode sair? O que era o Jacob? E esses candidatos, são candidatos a quê? E como eles vão proteger a ilha do Plock sendo que eles são pessoas NORMAIS? Aliás… e… a história dos números? E como Xicard é imortal? Se eles acham que vão fugir com isso, NÃO VÃO. Sério. Faltam 8 episódios, gente. Tá ficando tenso.

Nem tem mais o que dizer. Ah… aquela história de afasia da Sun era REALMENTE necessária?????????????????????????????

Fala da semana: What do you need a boat for? Can’t you just turn into some smoke and fly your ass over the water?
Imagem da Semana: Anaconda.
Imagem do Jack da Semana: Essa foto fez a minha semana.



6.08 “Recon”
20/03/2010, 5:15 pm
Filed under: Comentários

TÉDIO

ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz.ZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZ
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz.ZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZ
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz

ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz.ZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZ
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz

ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz.ZzZzZzZzZzZzZzZzZz
zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZ
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz
ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz

Imagem da semana: ZzZzZz
Imagem do Jack da semana: ZzZzZzZzZz
Fala da semana: ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz



6.06 “Sundown” & 6.07 “Mr. Linus”

null

Só porque eu posso, vou comentar essas duas porcarias juntas, porque o que eu tenho a dizer é mais ou menos que a cada semana que passa o meu coração se infla de ódio e sensação de ter sido completamente enganado. Mesmo que eu esteja me dizendo que esses flash realities são na verdade flash fowards, pra me acalmar, a cada dia eu estou mais irritado com a presença deles. EU NÃO QUERO mais assistir a isso. Aquele episódio do Sayid foi uma fórmula de filler que chega até a dar vergonha, até porque eles usaram o mesmo artifício por seis anos na cara de pau. Eles decidem um acontecimento chave para o episódio todo e os outros trinta e oito minutos são pura enrolação. Aí estão os flash whatever, os pseudo problemas na ilha/na escotilha/othersville/oceanixSux/Faradoce falando merda, por ordem de temporada. No final das contas os episódios não nos servem pra nada e os únicos episódios em que ALGO acontece são o primeiro e o último. Aliás, essa é a mesma fórmula de Smallville.

Esse episódio do Sayid é patético. EU NÃO QUERO ver a família feliz da Nadia na realidade alternativa, até porque, no final das contas, tudo isso que a gente assistiu não mudou NADA na nossa vida. Máxima que serve para todos os flashes desde que essa merdona de temporada começou. Porra, que ódio. Eu estou assistindo esse cacete há seis anos esperando ver algo de revelador acontecer, sonhando com a sexta temporada com episódios de flashbacks do Jacob, Alpert, Plocke. E no final das contas eles me dão uma temporada que, vai chegando a sua metade COM UM MONTE DE FILLER TOSCO. O que aconteceu desde que começou a temporada? N-A-D-A. O único episódio útil para o mundo foi a parte II do LAX e o Lighthouse. Mostraram nesse episódio que o Sayid realmente virou um bad boy e a cena em que ele comprovou isso foi a única boa… quando ele mata o pessoal do templo. Tudo isso acontece em trinta segundos, então eu continuo mantendo a minha opinião de que esse episódio (e essa série) foi um cocô.

Fiquei lixando unha naqueles flashes whatever. Não teve nada de bom nesse episódio, nem o Jack apareceu. O final foi legal, mas estou muito irritado porque estão falando por aí que “os números foram explicados”. VOCÊS ESTÃO ZOANDO COM A PORRA DA MINHA CARA. CACETE. Então o Jacob atribuiu um número a cada pessoa e fim. É isso. Os números são amaldiçoados por causa disso. Aliás, ninguém está interessado em saber o quê é o Jacob, porque ele faria isso, como ele faria isso. As pessoas estão agindo como se estivessem lendo um livro de religião. RACIONALIDADE?? OI??? Os próprios filhos da puta dos escritores e produtores disseram que essa merda ia ter um fundo pseudo-científico e vem com essas explicações completamente místicas envolvendo dois deuses gregos grelhando pela mata numa guerra de poder. Eu fiquei seis anos assistindo uma coisa que vai terminar em um episódio de Mortal Kombat.

Já o episódio do Ben continuou essa trilha de merda que a série tomou desde que inseriram esses flashes fillers (acabei de decidir o nome). Eu vou odiar se o final do Ben for ser um professor de história fracassado. E vou odiar se isso for na outra realidade também porque isso é mais patético ainda. Eu odeio essa série! Então todas as habilidades arrasantes do Ben de manipular todos os objetos que possuem massa foram/serão revertidas a lutar pra ser diretor de uma escola, e com um final totalmente previsível e tosco dele escolhendo o futuro da Alex ao dele… Ai, sério… ÓDIO. Eu não quero assistir Gossip Girl nos flashes fillers. Aliás, eu não quero ter que assistir a esses flashes fillers.

Estamos chegando ao final da série e eles ainda não explicaram NADA. O que é a ilha? Quem é Jacob? Quem é o outro (que eles não revelam o cacete do nome dele, não agüento mais os nomes aleatórios)? O que são esses dois? Como eles fazem o que fazem? E por quê? O que são candidatos? Por que os candidatos não podem se matar? Porque eles ficam grelhando viajando no tempo? Porque precisa-se recriar as condições do flight 815 pra voltar na ilha (NUNCA VOU ESQUECER ESSA PERGUNTA E NEM TENTEM)? O que são os sussurros? O que a Dharma Iniciative tava fazendo na ilha? Por que o Richie não envelhece? E por aí vai. Perguntas que já passou metade da temporada e ninguém respondeu porra nenhuma porque eles estão mais preocupados em mostrar o Ben e o Arzt criando um plano maligno para dominar a diretoria da escola. PATÉTICO. Eu só me sinto muito idiota de ficar anos sendo enganado e esperando alguma coisa pra chegar e ter que assistir a isso. Fez certo quem dizia que essa merda não tinha respostas pra nada.

Na ilha, a gente viu a pseudo Ana Lucia pagando de chefe só porque o Jacob morreu, sendo que isso é super old, e o Ben pagando de culpado bonzinho (OI? CADÊ O NOSSO BEN?) por ter matado o Jacob que, hello, depois de tudo que fez com ele merecia ter morrido… É demais, viu. Só achei bonitinha a cena que o Ben conversa com a pseudo Ana Lucia e ela aceita ele na tribo e também fiquei pseudo emocionado na cena em que todos se reencontram na praia (pela trigésima vez).

PS1: eu odeio o Richard Alpert, além de todas essas perguntas que eu falei ele ainda me confunde dizendo pra não confiar no que o Jacob diz… ele merecia mesmo ter explodido depois de ter virado aquela beesha medrosa.
PS2: Jack já começou a acreditar que ele tem um BIG DESTINO… Acho que ele é viciado nessa sensação, tudo porque a Kate não quis ele? Gente… qual o signo do Jack? Câncer? Parei
PS3: Claire é a única personagem que realmente vale à pena nessa “merdaiada” toda.
PS4: Parece que o próximo episódio é do SawyZzZzZZ…
PS5: AMEI A REFERÊNCIA A PAUNIKKI! SAUDADESSS!

Imagem da Semana: TOLOKA
Imagem do Jack da Semana: Sarcástico.
Fala da Semana:Qualquer uma da Claire



6.05 “The Lighthouse”
24/02/2010, 6:45 pm
Filed under: Comentários

null

Eu preciso comentar esse episódio agora porque eu acabei de ver e não posso deixar a empolgação passar. AHHHH!!!!!!!!! GENTE EU AMEI ESSE EPISÓDIO. SÉRIO. É um dos melhores que eu já vi na série. Juro que não estou sendo irônico, exagerado, sei lá mais o quê, finalmente eu me empolguei com alguma coisa na minha vida!!!!! É claro que eu não tenho esperanças que a série mantenha esse nível, mas estou feliz pelos 42 minutos ótimos que eu tive.

Até que os Flash-Realities (que eu cheguei a uma conclusão que me agradasse, depois eu conto pra vocês*) não me chatearam muito. É claro porque apareceu o Jack o tempo todo, mas até que eu achei bonitinha aquela historinha do filho dele e blá blá blá… tá, vocês me conhecem. Achei isso uma porcaria inútil, mas tinha o Jack, então tá valendo. Eu amei ver ele de terno. E amei ver que esse episódio foi totalmente about him e eu amei o que o Jacob disse no final e tudo que o Jacob disse pro Jack… Aaah, quanto mais eu escrevo mais eu lembro de coisas que eu simplesmente amei nesse episódio. As únicas coisas que eu achei extremamente desnecessárias foram a aparição da Kate na floresta e a aparição do Cobra Coral no flash do Jack. Tirando isso, eu não consegui não gostar de nada. E não apareceu o Sawyer, que tem me irritado muito ultimamente, junto com a fuinha.

Eu pensei que a Claire fosse ser totalmente clichê e sem sal naquela roupa dos Goonies, mas ela ficou COMPLETAMENTE INSANA. Eu amei, ri muito, me diverti a vida com aquele visual indie pseudo Rousseau pseudo miojo e ela fazendo ALOKA. Era óbvio que ela ia matar o capanga, mas nem liguei. E eu adorei quando o Jin inventou aquela história sobre a Kate criar o Aaron e… pera, isso é verdade… juro que não entendi porque o Jin inventou essa história, mas eu sou à favor da dissimulação universal, então eu adorei. Okay, é claro que ele percebeu que a Claire está cool absolutamente maluca e que provavelmente ia matar ele com aquele machado. Aliás, eu ri muito vendo ela afiando o machado e o capanga olhando quase se cagando pedindo pelamor pro Jin libertar ela. Pior que não foi um riso do tipo essa série realmente virou uma porcaria, foi do tipo “eu realmente estou adorando isso”.

E eu amei o Hurley nesse episódio! A-MEI! E a minha irritação de não estar entendendo nada passou porque as cenas deles dois na selva com o Hurley falando todas aquelas coisas fofas como se fosse finalmente o final da série mesmo. Ai, deu até uma saudade, acreditam? Quando eu ainda acreditavam que eles tinham alguma resposta para alguma coisa… parei. Odiei a attitude do Jacob, até pensei que ele ia se transformar no Plocke e que o plano dele era destruir a Lighthouse. Cena essa que eu também A-MEI! Enquanto eles giraram e apareceu uma cidade, eu já estava super empolgado, melhor foi que a cena culminou com um ataque de bichinha do Jack. Sério, eu achei essa cena extraordinária. “Pq você pensava que o Jacob ia estar aqui?” “I assumed it”. Hurley estava ótimo. Essa cena foi ótima. A interação dos dois foi ótima. Eu amei ver aquele transferidor com os nomes das pessoas. BTW, 23 acabou de virar meu número preferido. Parei .

Eu sabia que ia explicar o que o Jacob queria dizer com aquilo de “You have what it takes” no flash whatever, mas até que eu achei a explicação bonitinha. Falando em bonitinho, eu amei a cena em que o Hurley e o Jack chegam na porta das caves. Ai esse clima de revival me deixou super manteiga derretida! Faz mesmo seis anos?! Ok, esse comentário está ficando um cu porque eu estou super empolgado. Huhahau. Anyway… o Jacob FOI um fofo, tenho que admitir. Tudo que ele fez então foi só pro Jack perceber que ele é importante, que ele tem que entender isso porque ele tem um grande destino? Rônei… o Jack já sabia disso desde a última temporada, ou só eu me lembro do Jack surtando na selva com uma bomba falando THIS IS MY DESTINY? ok

Jacob é tipo Deus. Vocês já perceberam isso, né? Parece que ele fica de longe olhando as coisas, interfere em horas estratégicas e sempre faz o pseudo enigmático. Todas as vezes que Deus apareceu pra mim ele foi assim. Aff!

Agora eu fiquei meio que empolgado pra saber qual é o destino misterioso do Jack, mas sabendo como essa série é, vai ser provavelmente alguma coisa super podre. Eu não me importo, eu só estou feliz por esse episódio que me proporcionaram que foi perfeito em todas as medidas. BTW, só eu não estou entendendo muito bem o que a Claire ficou fazendo esses três anos? Ela simplesmente resolveu dar um passeio na floresta, foi capturada pelos Disney e ficou puta achando que eles tinham roubado o Aaron? Aliás, a melhor fala da série da Claire na série inteira foi dizer que ela mataria a Kate se isso fosse verdade. Gente, eu super bati palma, dei ataques e gritinhos. MUITO FODA! E quando o Plocke chega do tipo Hi guyssss e olha pro Jin do tipo Quem é você na noite?… Eu só espero que o Jin sobreviva ao encontro com a demônia da machadinha e a fumaça preta… aliás, não espero não… hummm…

Imagem da Semana: Jack te despreza
Imagem do Jack da Semana: AW!
Fala da Semana: “You have what it takes” Jacob

PS1: Por que o telefone do Jack tem um volume tão alto? Tipo, dá pra ouvir o que a mãe dele tava dizendo do banheiro.
PS2: Quando o Jack e o Hurley vão entrar na lighthouse, vocês repararam na música meio Donkey Kong que tava tocando? hahaha
PS3: *Sobre a história dos flashes… eu cheguei a conclusão, assistindo o LAX pela milésima trigésima vez que aquilo na verdade não é uma realidade alternativa, e sim no futuro. Tipo, acredito que no final dessa temporada eles vão dar um jeito de voltar REALMENTE pra antes do acidente. Estamos assistindo os finais dos personagens sendo que a ilha nunca existiu. Por isso que estão mostrando isso. É o unico jeito de eu não ficar puto assistindo esses flashes. Enfim, essa teoria é MINHA, beijos.

Até semana que vem, bitches. Li que o próximo episódio chama Sundown, e se for sobre a Sun, já estou desanimado.

Beijos e votem pro Dourado sair!!! hahahaah